quarta-feira, 08/05/2019

Homicídios de meninas em 2018 crescem 90,32% em Fortaleza em relação a 2017

A redução de 12% no número de homicídios no Ceará na população geral e de 20,64% nos homicídios de meninos de 10 a 19 anos não aconteceu entre as mulheres. Ao contrário. Se olharmos com a lente de gênero, o ano foi brutal para as meninas.

Comparando os anos de 2017 e 2018, houve aumento de 42,50% na morte de pessoas do sexo feminino no Estado, na faixa etária de 10 a 19 anos. Se o ano de comparação for 2016, quando houve 27 assassinatos, a variação é bem maior: 322%.

Em Fortaleza, a situação é ainda mais alarmante. Enquanto no grupo do sexo masculino houve redução de 34,99% em relação a 2017, no grupo do sexo feminino houve incremento de 90,32%.

Esses e outros dados constam do relatório Cada Vida Importa – segundo semestre de 2018, produzido pelo Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência e que será disponibilizado no próximo dia 10. #cadavidaimporta