domingo, 26/07/2020

Monitoramento sobre homicídios no primeiro semestre repercute na imprensa

O Sistema Verdes Mares pautou em seus veículos os dados alarmantes sobre crianças e adolescentes

Na última semana, com a consolidação dos dados de junho que contabilizam os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIS), da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), a avaliação do primeiro semestre de 2020 foi assustadora, alertando diversos setores de monitoramento social, como a comunidade acadêmica e a imprensa. O Comitê de Prevenção e Combate à Violência da Assembleia Legislativa do Ceará, que atua desde 2016 pela Prevenção de Homicídios na Adolescência, reuniu os dados sobre meninas e meninos de 10 a 19 anos e foi procurado pela imprensa para avaliar os números, entender o contexto e as histórias de 409 vidas perdidas precocemente.

Para o Comitê, que há quatro anos mantém a cobrança pela redução das vulnerabilidades sociais a partir de políticas públicas recomendadas desde a primeira pesquisa, um dos fatores que incrementaram as estatísticas de morte este ano, entre fevereiro e março, foi a paralisação de policiais militares, causando uma explosão de homicídios no Estado.  Essa e outras análises são apontadas nas matérias jornalísticas a seguir.

Links para reportagens:

CETV 2a edição, na TV Verdes Mares, filiada à Rede Globo: https://globoplay.globo.com/v/8723597/programa/

Portal G1 Ceará: https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2020/07/23/assassinatos-de-adolescentes-crescem-163percent-em-fortaleza-no-primeiro-semestre-de-2020.ghtml

Jornal Diário do Nordeste: https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/seguranca/mortes-de-adolescentes-crescem-mais-de-160-em-fortaleza-no-1-semestre-de-2020-1.2969469