quarta-feira, 30/01/2019

Violência no Ceará é pauta na revista The Economist

Revista inglesa veio ao Ceará conhecer de perto a crise na segurança pública

A revista inglesa The Economist esteve no Ceará buscando compreender a onda de violência ocorrida no mês de janeiro no estado e contrastando a política de recrudescimento implantada pelo atual governo federal e medidas que focam em políticas de prevenção, defendidas pelo Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência.

A reportagem ouviu especialistas na área de segurança pública que se mostraram preocupados com a possível explosão da violência com mais armas circulando na sociedade, resultado do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, que facilita a posse de armas de fogo. Vale lembrar que na pesquisa realizada pelo Comitê com familiares de adolescentes mortos em 2015, a grande maioria dos homicídios foi cometida por armas de fogo, chegando a 100% em Horizonte e 94% em Fortaleza.

A matéria fala sobre o Comitê e as recomendações de políticas públicas propostas para estancar a epidemia de homicídios no Estado.
A matéria pode ser lida na íntegra em https://bit.ly/2RWv7jU